,

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

8 anos!

Eu dei muita sorte!
Ele mamou no peito, nas primeiras semanas já dormia a noite toda, aceitou sucos e papinhas, desde os 6 meses andou na cadeirinha de carro sem reclamar!
Ele FOI um bebê maravilhoso...
Hoje É uma criança linda!
Ele é carinhoso, estudioso, inteligente......
Ele curte coreografias e adora me ajudar nas receitas culinárias.
Já nada, mergulha no fundo da piscina e já passa sozinho o protetor solar: no rosto, no corpo e no pé!
E é cheio de personalidade também!
Sua frase preferida atualmente é: "Mas mamãe... Eu não sei!"
Para tudo o que realmente não sabe, ou para aquilo que não quer responder...
Sim! Para ele eu ainda sou "mamãe" e isso me dá um conforto imenso, ainda que as pernas compridas teimem em denunciar que meu bebê há tempos deu lugar ao meu menino...
Como ele mesmo diz, ele é um menino grande!
E sendo grande, precisa de desafios maiores do que os que já têm...
E então ele vai pra escola grande...
Vai fazer teatro, vai ter aula de xadrez.
Na mesma escola vai fazer natação, atletismo e finalmente o bendito futsal.
Vai ter regras, vai ter novos amigos, vai ter grandes desafios! Vai crescer mais ainda!
E eu vou ter medo...
Vou ter medo das pessoas, do que vai ser (ou não ser), do que possa vir...
Minha asa está ficando pequena pra ele...
O colo está dando lugar ao ombro...
E eu preciso jogá-lo no mundo para que ele aprenda a se virar, para que ele saiba para onde voltar...
Porque é assim que tem que ser!
E quer saber? Eu sei que ele vai conseguir!
Sim, eu sei!
Eu sei que o bebê de ontem, que se transformou nesse menino de hoje, será, um dia, um grande homem! Um homem de bem!
Eu sei!
Há 8 anos eu simplesmente sei!
***️
Filho! Mamãe continua agradecendo a Deus por ter me dado a honra de ter sido a escolhida para te cuidar, te guiar, te proteger...
Que seus primeiros 8 anos tenham sido tão felizes sendo "o filho da Sandra" como foram os meus últimos 8 anos sendo "a mãe do Arthur"
Perdoa a mamãe se algo não sai como planejado ou foge um pouco do controle, viu? Se erro, é na tentativa de acertar...
Você cresce de um lado, tanto quanto cresce a mamãe do outro!
Você é, sem dúvida, a minha melhor parte, o meu melhor projeto, o meu melhor sorriso!
Eu te amo daqui até o infinito, na ida e na volta, para sempre!
Desde o dia do seu nascimento...
Há 8 anos!

Feliz aniversário, meu amor!