,

sexta-feira, 26 de março de 2010

Sobre o nº 2

Não adianta explicar, conversar, brigar, nada disso! Ainda não descobri como fazê-lo pedir pra ir ao vaso fazer o nº 2. Ou, menos que isso, como perceber que ele está querendo fazer... Sabe aquele olhar, aquela concentração? Nada disso! Quando a gente vê, já está lá... o dito cujo na cueca!
Final de semana foi um estresse só... uma leve prisão de ventre nos levou pro banheiro umas 5 vezes por dia. Porque ele incorporou um cabrito, tadinho, e foram muitas vezes fazendo só 1 bolinha (Aff! sem detalhes, né?)...
O máximo que consegui foi um "seu cagão" pra me avisar que já tinha feito.
E eu acho que o fato de muitas pessoas envolvidas no cuidado diário dele acaba atrapalhando, porque quando é comigo eu repito sempre a mesma ladainha que nem eu mesma estou mais aguentando ouvir: "Filho, tem que chamar a mamãe... Lugar de cocô é no vaso e não na cueca... pra gente dar tchau pro cocô... e blá-blá-blá!" Adriano não! Acaba sendo agressivo só que Arthur encara mais como brincadeira! "Seu cagão! Fez na cueca! Que feio! e blá-blá-blá!" E na escola eu nem sei mais porque já tem umas duas semanas que ele não faz no período da aula...
Como o Adriano acaba ficando mais tempo com ele durante a semana e nos horários de "pico" ele aprendeu a se denunciar depois que já fez, e o "Huuum, seu cagão" é dito meio que de forma marota já que ele não interpreta como bronca do pai.
Na sexta feira passada eu estava passando roupa e o pai consertando um aparelho. Ele fez uma vez e eu dei banho. Dali há menos de uma hora ele fez de novo e então eu o coloquei sentado no vaso e disse pra ele fazer mais. Deixei lá e saí do banheiro e continuei passando roupa. E ia lá de minuto a minuto e ele continuava sentado e quando me via ria para mim. Então minha cunhada chegou e perguntou por ele e eu disse onde ele estava. E ela foi vê-lo. Quando chegou ele já tinha descido do vaso, borrado o mesmo e estava no box me esperando. E a cueca? Dentro do vaso! Suja!
A cena teria sido hilária (e foi, pelo menos pra Beth) se não tivesse sido eu a responsável pelo resgate da cueca.
E ele achando engraçadíssimo!
Sério, preciso de dicas...
Preciso achar o ponto! 

4 comentários:

simplesmentemonalisa disse...

Ai Sandra, esses pequenos dão trabalho, né?
Aqui a Mari estava fazendo xixi na cama quase todas as noites, mesmo eu levantando umas três vezes para levá-la ao banheiro, ela não fazia quando eu levava, dizia dormindo (sono pesado) que não queria, e fazia na cama. Aí, um dia chegou a manicure aqui em casa, e ela logo senta pra pintar as unhas, nesse dia eu não deixei ela pintar as unhas. Falei que ela era bebezão que fazia xixi na cama, e só quem faz unha é mocinha, quando ela virasse mocinha e não fizesse xixi na cama ela poderia pintar as unhas.
Mas, fiz essa "chantagenzinha" sem intenção de que fosse funcionar, e não é que funcionou. Desde que aconteceu isso, nunca mais ela fez xixi na cama, dorme a noite inteira e não faz.
Não sei se "chanteager" é um bom negócio, talvez os psicólogos de plantão digam que não, mas aqui sem querer querendo funcionou.
Boa sorte por aí!
Beijos

Simone Teles disse...

Oi amiga essa fase é muito difícil mesmo e eu sei o que já passei com isso. Contudo eu usei uma técnica que deu resultado a do reforço positivo, um condicionamento mesmo, assim você pode oferecer alguma recompensa toda as vezes em que ele pedir para fazer no lugar certo pode ser chocolate, livro para colorir, figurinhas, coisas que agradem o pequeno. Pra mim foi a fórmula que funcionou, hoje em dia ele não precisa mais de recompensas já pede naturalmente para ir ao banheiro.

Essa vida de Mãe!!! disse...

Não sei como te ajudar, pq passei por outro tipo de problema, a Ellen NÃO queria fazer mais coco, ela tinha pavor do nº2, segurava até onde podia, chorava e eu agoniada com a situação, modos que eu ficaria feliz do dito cujo estar saindo, :D
Agora, se vc ta mais querendo progresso, o negócio é chamar a atenção dele mais ríspida... Pq pra ele ta sendo festa...
Sei lá...
Ou deixar o tempo passar e ele ficar mais maduro pra situação...
Bjs e boa sorte :)

Simoni disse...

Ai Sandra é tão complicado isso, fico até com receio de opinar! O Henrique vai fazer 5 anos e continua usando fralda pra dormir, essa eu ainda não consegui tirar e pelo jeito vai demorar.
Mas a fralda diurna foi tão tranquila tanto pro xixi qto pro nº 2 que nem sei o metódo q usei, simplesemnte resolvi qdo ele estava com 2 anos e meio q ia tirar e tirei, aconteceu acidentes 2 dias apenas, ah e o penico ele nunca quis usar, sempre quis fazer direto no vaso.
Mas eu tudo q faço com o Henrique é por meio de troca, a chupeta foi assim com o papai noel, ele trocou e nunca mais voltou!
Tenta trocar alguma coisa com ele e só dá o que ele quiser qdo ele fizer sempre no vaso!

Beijo enorme!!!