,

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Das últimas notícias

Eu já falei aqui que Arthur está com mania de roer unhas?
Aí eu segui a técnica dada pela pediatra quando ele ficou com uma outra mania - de pigarrear o tempo todo (era para ignorar porque quanto mais alertássemos, mais ele faria).
E então eu fiquei até a consulta ignorando a roeção de unhas. Quando cheguei no consultório e falei (crente que tava bafando) que tava ignorando direitinho, a Mônica me fala: "É... mas não se usa essa didática para essa mania não... Porque se viciar, danou-se! Tem que intervir, Sandra! Mandar tirar a mão da boa, nem que isso custe meses repetindo a mesma coisa pra ele..." Viu só como não existe fórmula? E como cada caso é um caso?
E ele já tava entrando na fase de enfiar o pé na boca, pois não tinha mais unhas para roer nas mãos.
E a intervenção já está dando resultados. Quando ele enfia a mão na boca e nos passa despercebido, ele mesmo nos lembra: "Tira a mão da boooooca..." e já fala rindo...
Sim, ele tá muito falante.
E já é capaz de relatar fatos específicos que acontecem na casa da avó ou na escola. O que comeu, o que lanchou, do que brincou com o Cauã, qual a letrinha que a tia está trabalhando...
Ainda não é capaz de manter um diálogo longo, mas só em me deixar saber como foi seu dia já me dá tranquilidade.
Estamos colecionado o álbum "Carros 2" e ele vasculha minha bolsa todo santo dia a procura de figurinhas. "Trouxe figurinha, mamãe?" e ainda que eu diga que não, ele faz o favor de revirar o bolso interno da bolsa (que foi onde ele viu que eu guardei quando comprei na primeira vez) e complementa: "Ah, não trouxe..."
Eu ganhei o DVD da Paula Fernandes e coloquei para tocar enquanto trabalhava no computador no quarto. No dia seguinte ele tá cantarolando: "Apaixonados pela lua, lua, luaaaaaaaaaa... cheia de mistérios...". Eu quase o matei sufocado de tanto que apertei quando identifiquei qual era a música. E agora pronto! Virou o nosso DVD porque basta me pegar sozinha no quarto que ele me faz colocar e me obriga a deitar com ele pra assistirmos juntos. É muito amor!
Já vai ao banheiro sozinho, sem que eu precise ficar vigiando se ele tá sambando com a preguiça maior que a vontade de ir. Raramente, muito raramente escapa um #1 ou #2.
Está numa fase muito apaixonada pelo primo Cauã. Dá gosto vê-los brincando de lego, construindo escadas gigantescas, estradas ou foguetes com as peças. E interagem. E criam histórias. E sei lá porque eu me emociono com uma coisa tão simples do mundo infantil...
Semana retrasada ele ficou dodói. Vômito e febre. Fomos ao PS, seguiu direitinho a orientação do médico para abrir o bocão e ficou furioso com a injeção de plasil no bumbum. Diagnóstico: Garganta inflamada e sinusite. 14 dias de antibióticos para o tratamento que acabou na semana passada. 14 dias de briga para dar o CLAVULIM BD cujo sabor ele detestou.   

Nenhum comentário: