,

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

O Natal

E foi nesse ano que ele de fato entendeu que Papai Noel existe e que pode trazer presentes. Basta pedir. E ele pediu. Acordou no dia 23/12 dizendo que queria escrever uma carta pro Papai Noel. Isso depois do bom velhinho já ter providenciado o presente dele... aff!
Ligo desesperada para o pai da criança.. “Dri, Arthur está aqui querendo escrever pro Papai Noel... dá tempo de vc mandar uma cartinha pra ele pedindo o DVD do Patati Patatá Volta ao Mundo?”.
Vai que ele escreve a carta e o pai não encontra o DVD a venda? Ops... não consegue contato com Papai Noel...
O pobre pai moveu fundos e mundos e me retornou a ligação meia hora depois: “Achei! Pode escrever a carta que eu entrego!” rs

E vocês não imaginam a felicidade dele quando encontrou o DVD na árvore da casa da Tia Berna...
Não teve Pula-Pirata, nem Imagem e Ação, nem relógio do Toy Story 3 (com 5 pulseiras diferentes) que trouxessem tanta alegria quanto o DVD... aliás não foi isso... Ele ficou sim muito feliz por cada presente que o bom velhinho trouxe para ele “de boa vontade”. Mas a reação quando viu o DVD foi diferente... era um encantamento do tipo: “Nossa... é verdade... ele leu a minha cartinha...”
E eu juro que até para mim o bom velhinho passou a existir de novo... E como é bom conseguir enxergar o mundo pelos olhos dele...
Naquela noite ele dormiu agarrado com o DVD. E o vinha assistido diariamente, como num rito sagrado. E de forma muito rápida ele já conhecia todas as falas, todos as músicas, todos os extras...
Aí, já nas férias, ele passou a assistir os clipes do Palavra Cantada no Discovery Kids, e descobriu que se colocasse “P+A+L+A” na busca do You Tube, o site já dava vários resultados para os clipes do Palavra. E eu, que sempre achei essa dupla o máximo (mas achava que Arthur já tivesse passado da fase) corri para comprar e dar de presente no seu aniversário de 06 anos. E ele amou né! E ouviu tanto, tanto, tanto que enjoou. E eu dei graças a Deus! Porque nem os mais apaixonados aguentam ouvir a mesma coisa 24h por dia, né?

Nenhum comentário: