,

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

#7anos

Arthur, meu amor... há 7 anos Deus me mandou você.
7 anos... Tempo à beça, né não?! E já vivemos tanta coisa nesse tempo todo...
Qualquer mãe diria: “Nossa! Como passou rápido!” , mas vou quebrar o protocolo e dizer que não... passou devagarinho... calmamente... como tudo que diz respeito a você...
Sua dindinha Jacque disse algo dia desses que eu não pude deixar de me identificar: Depois de mãe, somos obrigadas a controlar nossas ansiedades e aceitar o fato de que cada criança tem seu tempo e mais ainda... que o nosso filho não tem que ser necessariamente igual ao filho do outro.
Houve um tempo em que todas as outras crianças falavam, menos você. Que todos interagiam, menos você. E houve até quem achasse que todos eram normais, menos você.
Veja bem, até o fato de você ter lido antes do tempo estimado, foi motivo de te rotularem como “o diferente”.
Essa página nós já viramos, filho. Com o tempo você falou, passou a interagir, e até seus amigos aprenderam a ler para você se tornar igual a eles.
Algumas coisas a gente ainda está colocando no lugar. Outras, a mamãe ainda não conseguiu entender. Mas o principal, filhote... é que você é único! Do seu jeitinho. Ainda que tenha medo de barulhos, de “parabéns”, de muvuca... 
E eu sei que com o tempo esses medos também vão passar. E sim! Eu estarei aqui, de camarote, vendo tudo acontecer, pois se tem algo que eu jamais vou me lamentar será o fato de você ter crescido e eu não ter visto. 
Nesses 7 anos em que tanta coisa já aconteceu, se tem algo que eu me orgulho é de poder dizer: Eu vi! Eu participei! Eu contribuí! 
Eu que já havia me despedido do bebê com a passagem pelo desmame, pela ida para a creche, pelo desfralde, vou preparando meu coração para o “adeus” ao meu menino que já está trocando os dentes de leite, que já pega na geladeira o que precisa, que já passa sozinho o protetor solar, que não precisa mais de mim para escovar os dentes ou mesmo para se vestir...
E peço a Deus que mais uma vez o tempo contribua e que não passe tão ligeiro.
Quero ter ainda mais alguns anos com você pegando no sono na minha cama. Ou voltando para ela, se enfiando no meio de nós e me acordando com o seu delicioso “Bom dia, mamãe!” às 7:00 nas manhã de sábado. 
Quero aproveitar o pouco tempo que ainda te agüentarei nos meus braços, no auge de seus 18 quilos. 
Quero sua solicitação para sentar ao chão e jogar “tapa certo” ou “adivinha quem?”, ainda que tenha almoço para fazer ou a roupa para estender no varal. 
Quero ser surpreendida com o seu “arroz, feijão e o quê, mamãe?” quando a sua fome chegar. E quero a sua ajuda para preparar o bolo da tarde.
Quero te beijar forte, ainda que com a sua preocupação de eu estar ou não de batom.
Quero seu questionamento de “tá feliiiiiiz????” ao me ver chateada. 
E quero o seu “Amo você” sorrateiro antes que eu descubra a arte que você acabou de fazer...
Ai filho.... É maravilhoso esse sentimento ambíguo de felicidade e tristeza ao te ver crescendo...
Eu rezo todos os dias para você se igualar ao que julgam ser normal na sua idade e por outro lado já me bate uma nostalgia doída porque eu sei que falta muito pouco para você criar asas e alçar vôo.
Vai entender? Só mãe entende... 
Você meu magrelo lindo que adora coreografias e ama me ajudar na cozinha ou a lavar o quintal.
Você que me admira, que é meu companheiro, me solicita, me ama desde que nasceu...
Você que tem o olhar mais doce e sincero que eu já vi na vida...
Você, que repete o tempo inteiro “mamãe... mamãe... mamãe...” só pelo prazer de repetir que sou sua mãe.
Pode chamar filho, pelo tempo que quiser.
Ainda que eu deixe de ser a “mamãe” e passe a ser somente “mãe”, ou “coroa”, ou o que você quiser que eu seja...
E eu vou ser, e eu vou estar, e vou continuar aqui... com você... por você.
Feliz aniversário.
Te amo. 
De novo, ainda e para sempre.
Mamãe.

5 comentários:

Simone Teles disse...

Feliz aniversário Arthur que papai do céu continue abençoando você sempre e que você seja muito feliz. Um beijo no seu coração da Simone e do amiguinho Renan!

Eva disse...

Muito tempo sem passar por aqui.
Deixando um beijo para vocês.

Delaine Alonso disse...

Sandra,
Linda a sua homenagem de aniversário do Arthur.
Até chorei qdo li, pq me identifiquei muito.
Meu filho Fernando acaba de completar 4 anos e nossa história é bem parecida. Atraso na fala, hipersensibilidade auditiva..... É muito reconfortante ler o relato de alguém q já passou por estes mesmos passos.
Desculpe perguntar, mas ao final Vc conseguiu descobrir o q realmente causou o atraso? E além da terapia com fono e a gente incentivando o tempo todo, alguma sugestão?
Obrigada,
Delaine
delainealonso@gmail.com

王洛 disse...

powder metal
sintered metal
slide bearing
Plastic bearing
真空成型
泡殼
Tray盤
托盤
包裝盒
台中油漆
台中油漆工程
台中油漆粉刷
台中油漆行
油漆裝潢工程行
追蹤器
衛星追蹤器
徵信器材
反偷拍
監視系統
痔瘡
花店
sony數位相機
內衣
內衣
黃金價格
黃金回收
訂房網
婚紗
婚紗攝影
蜂王乳
防水
修眉
繡眉
假睫毛
種睫毛
植睫毛
新秘
新娘秘書
美容保養
彩妝課程
彩妝師
獎盃
聲寶服務站
歌林服務站
台中美食
蜂蜜
微晶瓷
玻尿酸
雷射除毛
肉毒桿菌
英文翻譯
日文翻譯
公證
花蓮民宿
婚紗攝影
台中婚紗
團體制服
團體POLO衫
制服訂做
團體制服
團體服訂做
公司制服

Ro E Va Monteiro disse...

Ola!! saúde,paz

Ro