,

quinta-feira, 18 de junho de 2009

A bicama chegou

Demorou, mas chegou...
Comprei a bicama em 07 de maio e logo fui avisada que não tinham em estoque, e que por conta disso a entrega e a montagem só poderiam ser feitas no dia 30 de maio.
Ainda que tenha achado o prazo longo, concordei, e tendo concordado nada mais poderia fazer a não ser esperar.
E então eis que no dia 28 ligaram pro Adriano dizendo que a cama chegou da fábrica na cor errada e que, portanto, não poderiam entregar na data combinada.
Fazer o quê?
Reagendaram para o dia 13 de junho.
E então no dia 12, dia dos namorados, eu de folga, descansadinha, passando o dia a esperar maridinho chegar da loja, prevendo todo o romance que o dia pede e ...
(pausa para tirar as últimas fotos do pequeno no berço, ao acordar do soninho da tarde)

(despausa)
E então fiz almoço romântico, delicioso, marido adorou... e descansamos... e ficamos à toa dentro de casa naquele friiiiiiiio danado... e eu resfriada, tossindo, corisando, e... lembrei que como a cama chegaria no dia seguinte era necessário desmontá-la, já que eu estaria sozinha com Arthur e como o quarto é pequeno não daria para os caras montarem a bicama com o berço lá, e etc, etc, etc.
Enfim...
Lá foi Adriano desmontar o berço o que só acabou lá pelas 20h.
Nem louca sairia para comemorar naquele frio duzinferno, e nem louca iria novamente para a cozinha fazer qualquer coisa que me exigisse qualquer esforço, e então...
Bem...
Marido tanto enrolou para pedir alguma coisa que por fim, já lá pelas 22h, lá fui eu fazer um prato de miojo para cada um e Arthur filando o prato de ambos (ele é loucamente apaixonado por macarrão de qualquer espécie - até de miojo).
How romantic!!!!!
Pensa que terminou né? Claro que não!
Esqueceu que o berço foi desmontado?
Pois então! Assim terminou a noite: Eu e marido na cama - com Arthur no meio de nós.
"Dia dos namorados, o senhor me espera no ano que vem, tá?"
Mas o pior nem foi isso...
No sábado nem saí de casa, esperando os homitudo da entrega e montagem. Deu 10h, 12h, 15h e nada. A essa altura Adriano já estava em casa e ligou pra loja pra saber e "Já estão na rua, senhor. Até 18h eles entregam." Oi?
Tudo bem. O dia já estava perdido mesmo. Só nos restava aguardar.
E então exatamente às 18:05h os homens bateram no portão. E montaram o dito cujo.
E eu terminei de arrumar colocando o kit.
E imediatamente Arthur se jogou nela.
E eu bem acho que ele gostou...

Nenhum comentário: