,

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Notícias

Voltei. E fui até rápida, hein! rs
Levando-se em consideração o dia tão longo que passamos ontem...
Para resumir: Eu pude provar que existe realmente armação dos hospitais para ganhar dinheiro dos planos de saúde....
Depois de esperar por quase 6 horas por um urologista que não vinha nem a decreto (desde a hora que o clínico saiu do nosso quarto estaria em cirurgia) e ouvir do chefe da enfermaria que era certo que Adriano fizesse cirurgia mas que provavelmente só na quinta feira, eu resolvi chutar o balde e pedir a alta à revelia (onde eu assumo a responsabilidade pelo paciente caso ocorra algum problema fora do hospital). Claro que antes eu me resguardei: Adriano se sentia bem, urinava bem, o urologista da minha mãe poderia atendê-lo no dia seguinte (hoje) e um médico conhecido do meu cunhado (que concordava que aquela demora cheirava a armação do hospital) disse que se houvesse qualquer coisa a noite era só leva-lo para outro hospital.
Às 18:30 eu assinei o termo de responsabilidade e fomos embora, ainda que eu tremesse de nervoso e medo do que pudesse acontecer.
Mas Deus é muito bom. E disso eu não posso esquecer nunca!
Sou católica, sabe? Não muito praticante, eu confesso. Não sou muito chegada a pedir nada a Deus. Eu gosto mesmo é de agradecer! Sempre agradeço às pequenas e grandes vitórias que tenho na vida.
Eu penso assim... Deus já tem tanta gente que realmente precisa para atender que não vou ficar enchendo ele com mais pedidos... geralmente pedidos materiais... E então não peço!
Ontem, no meio da confusão, fala um daqui, outro dali, minha cabeça a mil por hora no que seria melhor fazer, e minha sogra sacou do meio de muitos papéis que estavam na bolsa dela um santinho desses que a gente pega em igrejas, no caso de Nossa Senhora Desatadora dos Nós. Entregou a mim e falou: "Leia, filha!" E naquela confusão em que minha cabeça se encontrava eu me concentrei da forma que pude e li. Desconcentrei e li de novo. E consegui ir até o fim. E pedi. E quando fui devolver a oração ela não quis aceitar. Disse: "Deixa aí com você até que tudo isso se resolva" e eu deixei ali, embaixo do meu celular, na cabeceira da cama do Adriano, naquele hospital horrível.
A partir daí tudo foi clareando. O Helio deu a opinião do amigo dele. A secretária do urologista da minha mãe garantiu que ele teria o atendimento hoje. Eu me senti segura e fui lá assinar o termo.
Antes de irmos embora eu beijei a oração e entreguei para a minha sogra, que a guardou. E só.
E eu não pensei mais nisso.
Fomos pra casa. Arthur morrendo de saudades da gente, claro! Grudou em mim como um chiclete e bastava me perder de vista para me procurar de novo (com medo deu fugir novamente, devia ser... rs)
Depois que todos as visitas foram embora, tomamos banho e fomos dormir.
Eu agradeci a Deus. Arthur agradeceu tb.
PAUSA
Arthur aprendeu a rezar. Acho que foi na escola. Certo dia, antes de dormir, eu falei: "Vamos rezar, filho?" e ele sozinho iniciou: "Papai do Céu, obrigado pelo alimento e pelo... (algo que eu ainda não consegui entender... rs) Amém!". E então eu complementei, ensinando-lhe o sinal da cruz: "Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, Amém!" e tem sido assim todas as noites.
DESPAUSA
Adriano começou a dar defeito e dizer que estava inchado. Que a cabeça pesava. Que o corpo estava estranho. Que as veias pareciam querer explodir... Mereço, né?
Eu só disse: "Tenta dormir, amor. Você está impressionado."
Mas quem acabou dormindo fui eu.
E então às 22:30h ele me acordou eufórico: "Saiu, amor. A pedra saiu!"
Poderia haver notícia melhor?
O que seria uma cirurgia após dias de uma internação super cansativa e estressante, simplesmente foi expelido sem qualquer esforço ou dor. E isso eu nem tinha pedido. Não é maravilhoso?
Só me faz confirmar que independente da religião que a gente segue (ou não), existe sempre um milagre a acontecer.
Eu passei o resto da noite tão extasiada com tudo: primeiro a preocupação com que poderia acontecer fora do hospital, depois o orgulho de mim mesma por ter tido a coragem de agir e por fim com o alívio da bendita pedra ter sido expelido naturalmente, que nem pensei no episódio da oração que a minha sogra havia me dado.
Isso só me ocorreu hoje pela manhã, assim, do nada! E eu fiquei arrepiada quando me dei conta da graça que recebemos. 
Olha ela aí:
Oração a "Nossa Senhora Desatadora dos Nós"

Virgem Maria, Mãe do belo amor,
Mãe que jamais deixa de vir
em socorro a um filho aflito,
Mãe cujas mãos não param nunca
de servir seus amados filhos,
pois são movidas pelo amor divino
e a imensa misericórdia
que existem em teu coração,
volta o teu olhar compassivo sobre mim
e vê o emaranhado de nós
que há em minha vida.
Tu bem conheces o meu desespero,
a minha dor e o quanto estou amarrado
por causa destes nós.
Maria, Mãe que Deus
encarregou de desatar os nós
da vida dos seus filhos,
confio hoje a fita da minha vida em tuas mãos.
Ninguém, nem mesmo o maligno
poderá tirá-la do teu precioso amparo.
Em tuas mãos não há nó
que não poderá ser desfeito.
Mãe poderosa, por tua graça
e teu poder intercessor
junto a Teu Filho e Meu Libertador, Jesus,
recebe hoje em tuas mãos este nó.........
Peço-te que o desates para a glória de Deus,
e por todo o sempre.
Vós sois a minha esperança.
Ó Senhora minha,
sois a minha única consolação dada por Deus,
a fortaleza das minhas débeis forças,
a riqueza das minhas misérias, a liberdade,
com Cristo, das minhas cadeias.
Ouve minha súplica.
Guarda-me, guia-me,
protege-me, ó seguro refúgio!
Maria, Desatadora dos Nós, roga por mim

PS.:  Agora só falta a Hellen, que já saiu da UTI e está no quarto com alta prevista para a próxima sexta feira.  

4 comentários:

Jacque - A noiva do ano disse...

É minha amiga Deus é realmente muito bom e perfeito! Temos que ter muita fé e acreditar que tudo nessa vida tem um motivo, uma razão de ser e acontecer.Como já dizia o poeta: no final tudo dá certo... Estou muito feliz por nossos bebês estarem bem e pelo Dri tb. Bjs

simplesmentemonalisa disse...

Sandra,
venho acompanhando esses boletins, mas nem sempre consigo parar para escrever um comentário decente. Mas, sobre esse eu não poderia deixar passar.
Cada vez que lia os seus post, eu abaixava a cabeça e pedia a Deus para guardar e restaurar a saúde de todos vocês. Num sei se você sabe, mas eu sou evangélica, e independente de religião, o negócio é a fé, pode crer.
E sou assim sempre, ao desejar um feliz aniversário, sempre peço a Deus que dê saúde para a pessoa, pq o resto a gente corre atrás, mas doença é um negócio que nos tira totalmente dos eixos.
E agora acredite que as coisas vão melhorar muito!
Fiquei super feliz com as boas notícias!!!
Beijos e que o Senhor restaure a saúde de todos!

Essa vida de Mãe!!! disse...

Qdo se reza com fé, Eles nos atende...
Sou extremamente devota de Nossa Senhora Aparecida, e toda a vez que me pego em situações realmente complicadas, sei que Nela posso confiar...
Ótimas noticias...
Bjs
:)

Simone Teles disse...

Oi amiga que bom que isso tudo passou graças a Deus que está sempre olhando por nós. Dê um abraço no Adriano. E continue assim não deixe de acreditar.
Um grande beijo pra vocês!