,

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Pintando o 7 - a festa!

E aí o aniversário dele foi se aproximando e a gente já tinha decidido que o levaríamos a um restaurante pertinho de casa onde tem playground e ele se divertiria da forma que ele prefere... brincando! Convidaríamos os amigos mais próximos e pronto!
Sem bagunça, sem barulho, sem parabéns... sem forçá-lo a fazer o que para ele tem sido um tormento...
Como fazer festa para a criança que não gosta de parabéns?
E como o aniversário dele cairía numa quarta feira, seria mais que perfeito.
Avisamos a todos e estava decidido...
E assim foi a comemoração do dia:
[ele brincando com os primos/amigos...] 
[e os adultos comendo!]
Só que no final de semana anterior, alguém, que sinceramente não me lembro quem, sabiamente me disse que eu deveria sim fazer uma festa, simples que fosse, para sentir a reação dele com seu próprio "parabéns"... e se ele não quisesse o "parabéns" era só não cantar, afinal a festa seria dele, faríamos nas condições DELE, no tempo dele, para ele!     
E foi assim que pintou a festa "Pintando o 7", no quintal de casa, com os primos e alguns amiguinhos, no final de semana seguinte.
O recorde de montagem de festa... rs
Festa que não aconteceria sem o apoio de sempre de pessoas queridas para a gente. Em especial da minha cunhada Berna que além de me ajudar com a parte prática, foi fundamental no processo de preparo psicológico para a hora "H".
Durante a semana inteira ela "ensaiou" com Arthur a música que seria cantada na hora do "parabéns":
"Passei os olhos pelo calendário
e vi que hoje é o seu aniversário,
Arthuuur ehhhh!
Parabéns pra você!".
Ele adora essa música e cantava repetidamente com ela, enquanto preparávamos tudo. Aliás, ele participou de tudo! Deu pitaco em todas as artes que foram feitas.
E então num determinado momento da festa colocamos a música do momento: Gangnan Style, que ele não só ama, como faz a coreografia. Então ele começou a dançar, depois dançou de novo, depois levamos ele para a mesa para tentar tirar as fotos - ele aceitou! E então Tia Berna emendou no parabéns citado acima. Ele cantou, curtiu, enfim! Ele estava radiante!!!!!
Por fim, puxamos o "Parabéns" oficial. Poderíamos estragar o que já estava perfeito, mas resolvemos arriscar. E que bom que arriscamos! Ele cantou, bateu palmas, soprou vela imaginária (que com tanto medo que eu estava, acabei nem comprando! rs).
E fez questão de entregar as lembranças e o ímã para todos os convidados. Inclusive posando para fotos com cada um deles.
Foi um dia muito feliz para ele, com certeza!
Para mim foi como um tapa na cara! No melhor dos sentidos! Olha o que eu deixaria de proporcionar a ele por um medo imbecil de arriscar?       
Vejam as fotos, elas falam por si!
[a mesa montada] 
[comprei tinta, pincel e papéis para a diversão ser garantida] 
[acho que deu certo!]
[reparem nos braços...]
[princesas]
[momento lúdico]
[resultado]
[lava, lava, lava...]
[teve até coreografia!]
[Oppan Gangnam style!]
[Ehh sexy lady, oh, oh]
[sensação da festa!]
[Vamos tirar foto?]
[venham os amiguinhos também!]
[Opa! Vamos cantar prabéns?]
[Sim! Ele quis!]
[Se me contassem, não acreditaria!]
[muito, muito, muito feliz!]
[e de quebra soprou a vela, ainda que imaginária! rs]
[será que ele curtiu a festa?]
[preciso responder?]
E foi assim que meu gatinho completou seus 7 anos! De forma única, como ele!
Todas as fotos estão aqui.

Nenhum comentário: