,

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Reunião Escolar

Como já é de praxe, sempre há reunião escolar na primeira semana de aula.
Ainda que Arthur já estivesse em Colônia, o ano letivo só se iniciou mesmo no dia 02/02.
E lá foi meu pequeno estreiar, aos três anos, no Maternal.
Professoras novas, sala nova, didática um pouco diferenciada.
Tudo isso me foi apresentado na Reunião.
Como fui a primeira a chegar, Tia Ju (liana) e Tia Samira já foram me contando o que Arthur vem aprontando nos últimos dias. Da batalha entre ele, Tia Ju e o ar-condicionado, que fica no baixo, e ele insiste em futucar... Não há "negociação" que o faça desistir de mexer...
Disse que ele é muito inteligente, mas que é muito preguiçoso tb. Ele fala, mas a timidez e a preguiça o impedem. Prova disso foi que ela estava em poder de um saco de biscoito e ele pediu daquele jeitinho dele, sem palavras. Então ela falou pra ele: "Tia só dá se você pedir..." e ele imediatamente: "dá!"
Disse ainda que ele conta até dez e reconhece cada número em separado e que também conhece o alfabeto (isso eu até já sabia, mas foi bom ouvir de novo...)
Quando eu falei que ele come sozinho mas que ás vezes eu mesma prefiro dar, pra ser mais rápido, evitar sujeiradas, enfim... elas de forma muuuuito elegante logo me chamaram à atenção: "Ah, Sandra! Deixa ele comer sozinho sim! É tão importante pro crescimento dele... pra sua coordenação motora" e o pior é que eu sei que elas estão certíssimas. Assim como eu sei que não é legal ele ficar tanto tempo vendo o mesmo DVD, mas sempre me rendo quando ele pede...
É chegada a hora de EU dizer tchau para o bebê que eu TINHA em casa.
E foi isso que elas deixaram bem claro. Que a partir dessa fase eles deixam de ser os bebês da escola. E que, como pais, somos muito importantes para essa nova etapa. Que também nós, em casa, teremos que dar nosso empurrãozinho para o crescimento de cada um deles.
A partir de agora eles já não sentarão mais no chão, cada um terá sua cadeirinha.
Levarão atividades para serem feitas em casa, e trabalharão com livro! E que eu não vou poder ajudá-lo para que o dele seja mais bonito que o dos outros amiguinhos. Eu vou ter que aprender a direcioná-lo até o limite dele. O trabalhinho dele vai ser lindo sim, mas vai ser feito à duas mãos (as dele).
A meta para o Maternal é que ele termine esse ano tendo noções de cores, reconhecendo as letras de seu nome, diferenciando algumas coisas, como o maior do menor. E eu dei a sugestão de que elas informem através da agenda quais itens serão trabalhados naquela semana, para que em casa eu também possa dar ênfase ao assunto. As outras mães aprovaram.
Falamos sobre o desfralde, que será iniciado ainda essa semana. Pedi que elas me mantenham informada sobre cada avanço.
E foi isso! Mais uma oportunidade de conhecer um pouco mais do meu filho, compartilhar experiências e de aprender com quem sabe.

Nenhum comentário: