,

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Iniciando 2010 com bolinhas!

E aí, como foram de virada? Lá em casa tudo em paz. Minha mãe, meu irmão e meus sobrinhos se juntaram à família do Adriano e então a festa foi perfeita.
Arthur resistiu até às 02:00 e ficou um pouco assustado com os fogos da virada. Não chorou, mas me dava cada agarrão a cada sessão de fogos...


E então já estamos em 2010, né? Meu desejo para o novo ano? Paz e saúde! É o que desejo para mim e para vocês tb...

Bora de bolinhas para ser mais fácil?
  • Arthur foi totalmente desfraldado. Eu vinha resistindo com a noturna, mas depois de tantos meses com a fralda amanhecendo seca, optamos por arriscar em tirar de vez. Aconteceu nos primeiros dias de 2010. Por coincidência, só para contrariar, foi na semana em que ele aprendeu a pedir "cuco de uva, mamãe". Fiquei tão empolgada e dei tanto suco de uva que, por uma única vez e depois de tanto tempo, aconteceu um acidente. E lá fomos nós tirar todos os itens da cama: lençol, colcha, fronha... tudo molhado! De qualquer forma interpretamos como um fato isolado e ele continuou sem a fralda. Acidentes não mais ocorreram.
  • Pedir "cuco de uva" foi só um detalhe. O menininho tá danado de falante e mais parece um papagaio. E tá curtindo falar... o que é melhor! Algumas coisas eu ainda preciso me concentrar para entender. Eu peço para ele repetir e ele repete quantas vezes eu precisar. E quando eu consigo entender ele chega a soltar um suspiro de alívio... rsrsrs. Acho que falta pouco para chegar naquela fase de pedir que ele "cale a boca".
  • "Adê tia Poinha?" também não sai da boca da criança. Basta ver um carro parar na nossa porta e ele acha que é a Paulinha (a fono) chegando. Ao constatar que não é ela, começa a nos perguntar.
  • Ele sempre detestou tirar fotos. Sempre foi um sacrifício tirar fotos de frente, pois ele simplesmente fugia, virava a cara ou fechava os olhos. De repente, ele passou a gostar de tirar fotos. Aprendeu a falar: "Diga X" e se diverte vendo as fotos que tiramos dele.
  • Está literalmente um moleque. Em gênero e grau. Já não anda, quica. Sabe aquele andar maroto, suingado? É muito engraçado. Isso quando não está de fato pulando de um lado para outro. Se vai da cozinha para a sala, lá vai ele feliz e faceiro, pulando como um canguru.
  • Se quer pipoca, não só pede, como já pega o saco de milho, a panela e entrega na minha mão: "picoca quer..." 

Incrível como a cada dia ele aparece com uma novidade! Coisas pequenas mas que fazem tanta diferença de um dia para o outro...
Sinto que 2010 será um ano repleto de novidades, surpresas e realizações!

Nenhum comentário: