,

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

A sua festa!


O sábado amanhceu lindo, filho! Ainda que a sexta tenha sido de expectativa com a chuva que teimava em cair.
Tudo já estava encaminhado, mas sabe como é né? Sempre tem um detalhe ou outro para arrumar. E como não contratei buffet foi tudo arrumado pelas suas tias. Pessoas queridas, filho, que também amam você!




[Repare nos detalhes da sua festa... bolinha de sabão personalizada, brigadeiro de colher com sinalização (mamãe que fez), potinhos de jujuba e sinal de trânsito feito com bolas! (feitos pela Tia Berna). Não ficou lindo?]

(Pausa para agradecer as tias Berna, Beth, Ziza e Daniele, que chegaram cedo para dar uma força - e que força!)



Então...
Aí às 14h as pessoas começaram a chegar. Só parentes e amigos próximos. Porque infelizmente a gente não tem espaço em casa para fazer festa grande, do jeito que você merece. Só a mamãe sabe como dói saber que seus amigos da escola não puderam ser convidados e eu acho que ainda que eu faça a festinha da escola (que é a intenção) eu sei que não vou me perdoar por eles não terem participado da festa oficial.
Mas enfim, voltando, eu acho que no final tinha umas 50 pessoas em casa (contando as crianças, que estavam quase TODAS na piscina) e como disse alguém no meio da festa, eu consegui realizar meu sonho de fazer uma festa na beira da piscina.




E você curtiu muito! O dia inteirinho! E também durante o dia inteirinho o sol se fez presente! Um presente para você! Para iluminar seu dia!
A cada um que chegava você ia cumprimentar e receber o seu "pisente" e, tão bonitinho, levava-os direto para a caixa de presentes, sem abrir. Se te perguntassem quantos anos você fazia, a resposta vinha de imediato: "4! 1-2-3-4!" - Fofo demais!
Só não quis saber de tirar fotos... Mas cá entre nós, né filho? Com um dia lindo daquele, aquela piscina tão clara... parar para tirar fotos?????? Eu podia ver na sua carinha algo como: "Ah mamãe, tenha dó!" rs




Às 17:30h cantamos o "parabéns para você" e se não fossem aqueles fogos que a mamãe achou que fossem arrasar, mas ao contrário, te deixaram meio desconfiado, você teria curtido mais ouvir tanta gente cantando para você! Não era a "festa do Abiel" como você vinha repetindo nos últimos dias (ao se referir à última festa que foi - do amigo da escola), era a SUA festa, filho! A "festa do ca-o"!



E então você bateu palmas e soprou a vela. Tão simples e tão fofo. Era o seu momento...





Você comeu gelatina, pipoca, cachorro-quente, pizza, brigadeiro e bolo. Tudo o que você realmente gosta! E passou o dia do jeito que mais gosta... como um peixinho.



Pode ser que você cresça e me diga que não. Mas as conclusões que eu tirei do seu 23/01/2010, dia em que completou 4 anos de vida, foi de que seu dia foi muito feliz! Foi sim. Assim como também tem sido os meus últimos 4 anos!


Tem mais fotos aqui.

2 comentários:

Sandra Lima disse...

teste

Luciana Pessanha disse...

Parabéns, Arthur! Que festa linda! Muita saúde, meu lindo! Beijos da tia Lu e um abração do Biel.

Beijo, Sandra, querida! Parabéns pela mãe maravilhosa que você é!