,

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2006

Consulta - 1º mês

Foi ótima para me esclarecer todas as dúvidas do post anterior.
O que ouvi da Dra. Mônica foi o que tinha imaginado estar acontecendo. Ela disse que o choro pode ser tudo o que eu achava que era, ou não. Pode ser cólica, pode ser fome, pode até ser manha, que na verdade eu vou ter que descobrir meio que na intuição. Mas é claro, sempre eliminar o que não é. Primeiro, pressioná-lo contra minha barriga para ver se é cólica, pois o contato fará com que a barriguinha dele esquente e ele se sentirá melhor. Do contrário, tentar dar o peito. Sim, os berros podiam ser de fome. A quantidade do início já não é suficiente para ele, e que nada mais normal do que o tempo de intervalo entre uma mamada e outra ter diminuído e a quantidade (em ml) ter aumentado. Meu bebê está crescendo. Natural sentir mais fome... Ela disse apenas para que eu tenha o cuidado de verificar se realmente está mamando, ou apenas chupetando, pois se o intervalo for muito curto, pode ser que ainda não tenha havido produção de leite. E mais:
- Disse que devo tomar, pelo menos, 5 litros de água por dia;
- Disse que nada de produtos Natura, O boticário, etc, pelo menos até o sexto mês (aff);
- Disse que não haverá reação da vacina BCG;
- Disse que bebês sentem frio SIM. Sentem calor SIM. Que a sua temperatura difere apenas em 2 graus da nossa.
- Passou óleo mineral para as caspinhas;
- Nada de chá, água, ou qualquer outra coisa que o tire da "AMAMENTAÇÃO EXCLUSIVA!"
- Recusou-se a passar qualquer medicamento para eventuais febres, dores de ouvido, etc. Eu solicitei para ter os medicamentos em casa e não ter que ligar pra ela caso alguma coisa acontecesse. Ela disse que não passaria pois "nada disso vai acontecer com ele, pois você já o está medicando diariamente com o leite materno, e se, por ventura, algo aconteça, EU TENHO que saber, portanto, você VAI TER que ligar pra mim". Está certíssima...
- Disse que todos podem acordar mal humorados algum dia, inclusive os bebês. Que de repente ele só esteja de saco cheio de estar no carrinho ou no berço naquele momento, mas que nem por isso esteja fazendo manha. Faz sentido...
No mais, seu desenvolvimento foi muito bom. Está com 51 cm. Pesando 2,890 g.
Ah! Já ia me esquecendo! Na consulta anterior ele batizou a pediatra com uma bela mijada. Na de ontem, ele não mijou... fez pior!
Pena que ela conseguiu tirar a mão antes! kkkkkk

Nenhum comentário: