,

quinta-feira, 10 de julho de 2008

Missão cumprida!

E aí que depois de uma semana inteirinha de corre-corre, e de agito, e de tensão e de ansiedade, e de corrida contra o tempo, eis que no final de semana tudo aconteceu:
No sábado conseguimos inaugurar a loja e no domingo aconteceu o churrasco em comemoração ao aniversário da Quinha.
E foi tudo um sucesso!
E foi tudo perfeito!
A loja ficou fofa, do jeitinho que sonhamos. Pequenina, porém aconchegante.


Recebemos muitas pessoas queridas na inauguração e Adriano estava igual pintinho no lixo, tamanha felicidade. para ele essa é a realização de um sonho, como se um filho estivesse nascendo mesmo. E como é bom poder compartilhar desse sonho com ele, viu?


Aí no domingo o dia amanheceu lindo de novo.
Aniversário da mulher da minha vida: Quinha!

Fazendo sessentinha e com todos os motivos do mundo para comemorar...

Então mal nos recuperamos do dia anterior, do cansaço, da correria, da ansiedade, e lá estávamos passando tudo de novo nos preparativos para dar-lhe o mínimo que ela merece: uma festa linda!

E também ela ficou igual pintinho no lixo. Recebeu os amigos. Ganhou presentes. Se esbaldou. Dançou. Foi até o chão. Ficou feliz.
Acho que minha mãe nunca teve uma festa como essa e vou me orgulhar para sempre por ter proporcionado isso pra ela.
Então, depois de uma semana totalmente atribulada, eis que conseguimos respirar.
Quer dizer, em termos né?
A segunda e a terça eu tirei para colocar a minha lavagem de roupa em dia (geralmente lavo tudo no sábado para a Lucia passar na segunda. Com a correria toda quem se deu bem foi ela, que não teve roupa essa semana para passar).
Ontem sim. Fiz janta e pude curtir com meu pequeno sua nova paixão: piu-piu e frajola.
Meu irmão conseguiu uns DVDs de brinde no mercado onde trabalha. São três: Piu-piu e Frajola/ Papa-léguas e Coiote/Pernalonga e seus amigos. Mas ele gamou no Piu-piu. Ri de gargalhar. A cada vez que o Frajola se dá mal a gente consegue ouvir de longe a gargalhada do menino. E que delícia é de ouvir. Melhor que isso é só ouvir o "piu" que ele aprendeu a falar quando que ver o DVD. O que inclusive me deixou confusa no início, pois eu achava que "piu" e "cocó" referiam-se ao mesmo desenho. Mas não. Ele sabe muito bem quando quer ver Piu-piu ou Cocoricó. Não é lindo?
Aliás ele anda ensaiando falar. Por enquanto a maioria são coisas que (ainda) não entendemos. Conseguimos fazê-lo pedir "batata" (uma outra paixão) depois de muita insistência. Então eu acho mesmo que não falta muito para soltar a língua de vez!
Amanhã tem festa das Avós e eu nem vou estar lá... snif
Mas estejam certos de que a minha máquina irá para registrar todos os momentos.

Nenhum comentário: