,

sexta-feira, 8 de maio de 2009

E a luta continua!

A Jacque ontem me perguntou o motivo do meu sumiço daqui...
Na verdade ela está é preocupada porque eu ainda não anunciei aqui que ganhei mais um afilhadinho lindo... É o Davi, lembram dele? Filho da minha amiga/irmã/madrinha e afilhada de casamento, Rosana.
Ele já era afilhado dela (da Jacque) desde antes de nascer, e eu só o "ganhei de presente" alguns dias atrás... E foi uma surpresa linda e emocionante e me sinto muito, muito, muito orgulhosa de ter "conquistado" o cargo... hahahaha
Rô, amiga linda, agora comadre, eu já amava esse bebê mesmo sendo somente a tia dele... agora então... preciso nem dizer né? rs
Ontem o príncipe completou 01 mês de vida, e dindas corujas estavam lá para saborear o primeiro bolo, e as famosas coxinhas da D. Ana (vovó do Davi).
.
***
.
Aí voltando ao meu sumiço... cadê ânimo de vir aqui falar de doença? De novo? Mais uma vez?
Pois é.
Depois da infecção de garganta diagnosticada ele tomou antibiótico até sexta-feira e na própria sexta-feira quem caiu de cama foi o Dri. Diagnóstico? Infecção na garganta. Também.
Como diria minha amiguinha de TV, "Pelas minhas pétalas!"
Então Dri foi parar no PS, passou o dia tomando medicamentos, e na segunda feira continuava se sentindo mal. Até ir no Otorrino de confiança e descobrir que era alérgico a um dos medicamentos. Inicia novo medicamento, passa o dia bem melhor e at night... Arthur aparece com febre e com umas manchinhas no corpo. Nada muito berrante, mas para quem havia passado o dia ouvindo que o bebê da Claudia Leite estava com meningite e que um dos sintomas foram pintas espalhadas pelo corpo além da febre, nem pensei duas vezes, corri com ele pro PS.
Chegamos lá às 20h e de lá saímos às 23:30h.
Bebê fez exame de sangue e resultado é "compatível com quadro viral". Passou um anti alérgico e pediu que observássemos. Caso a febre voltasse ou as pintas aumentassem, deveríamos voltar.
E independente disso procurar o pediatra, que atende às quartas feiras.
Na terça ele amanheceu bem, a febre não tinha voltado e por isso (só por isso) ele foi pra escola. Após o almoço liguei pra lá e ele estava bem. Tinha almoçado, brincado, mas as manchas não haviam cedido. Achei normal, uma vez que ele iniciou o tratamento naquela manhã.
Mas... (sempre há um "mas") quando cheguei em casa levei um baita susto. Os braços estavam completamente vermelhos, como queimaduras, as mãos com muitas pintas e a pele do rosto grosso, bem grosso. E com febre de 38º. Fiquei incrédula! A criança passou o dia bem, como aquilo pôde ter se alastrado de uma hora pra outra?
Tentei manter a calma, imaginar que talvez o remédio ainda não tivesse feito efeito, sei lá! Não queria levá-lo ao PS com menos de 24 horas. E então ele mamou e dormiu.
Na quarta ele amanheceu da mesma forma e não foi pra escola. Adriano o levou ao PS e deu sorte de pegar uma pediatra bem mais atenciosa que o de segunda feira.
Perguntou o que ele havia comido de diferente. A mesma pergunta que a gente já havia feito entre a gente, e simplesmente não conseguíamos lembrar.
E ela foi perguntando: "fandangos, gelatina, pó do miojo, qualquer coisa com corante... etc, etc, etc, mortadela..." e bingo! A maldita mortadela de frango da Turma da Mônica, que ele ama e minha sogra compra toda semana. A mesma que tempos atrás ele teve alergia e, suspeitando que fosse dela, passamos a evitar dar para ele (só que na última sexta feira, aniversário da Beth, meu sogro e Roger estavam bebendo e comendo a danada como aperitivo, e adivinhem quem deu plantão ao lado da mesa?). Agora pronto. A suspeita se confirmou. Ele não pode comer mortadela de frango da Turma da Mônica.
E dos males o menor. Descobrimos o que ele tinha e após a primeira dose do novo antialérgico (que foi dado em conjunto com o anterior) as manchas começaram a sumir.
E eu fico me perguntando... tem mesmo que ser assim? Um susto após o outro? Enfim!
Para aliviar a tensão da semana, hoje tem festa na escola. Homenagem a quem? Essa mãe que vos fala!
Não vejo a hora de ver o que me espera!
Ah sim! E pras mamãe que me acompanhem, se eu não voltar aqui antes do domingo (e provavelmente não voltarei) um FELIZ TODO DIA DAS MÃES!


Nenhum comentário: