,

segunda-feira, 17 de outubro de 2005

Notícias

Nosso final de semana passou muito rápido.
Ainda na sexta (14/10) fomos a um casamento em Santa Cruz: Walace e Rejane, que estão grávidos do Miguel, que também nascerá no final de janeiro. Lá encontramos a Quelly que tb está grávida, do Rafael, que nascerá no início de janeiro.
Letícia, que está grávida do João Vitor, não pôde ir, pois o nascimento está previsto para o início de novembro, e como ela mora em Macaé, foi proibida de vir zanzar no Rio nos próximos dias...
Natália tb não foi, pois estava em casa cuidando da Alice, que nasceu no dia anterior (13/10)!
Ufa! Quanta mulher grávida nessa família! Detalhe que a única menina foi mesmo a Alice!
Êta família pra só fazer homem... rs
Cheguei em casa exausta! E com muita azia... acho que extrapolei no salgadinho!
.
No sábado fomos comprar os pisos para a reforma da nossa casa... andei um pouquinho e já me senti cansada... Nem fiz questão de ficar vendo as vitrines do Shopping. Quem me conhece sabe que isso é impossível... amo vitrines de lojas! Mesmo que não seja para comprar! rs
Chegamos em casa, almoçamos, estiquei as pernas e aproveitei a carona da minha cunhada para ir visitar a Alice. Que coisinha mais pequetita! Recusei-me a pegar, o que foi motivo de muita zoação com a minha cara. Grávida, prestes a dar a luz, e com medo de pegar recém-nascido! Bem, vou explicar: Tenho medo sim! Sempre tive! Mas estou me garantindo no que dizem as pessoas ao redor, de que o INSTINTO MATERNO vai fazer com que o medo acabe. Espero que ele exista realmente. Do contrário, pobre Arthur, vai ter que andar todo embrulhadinho pra mamãe pegá-lo com segurança... rs
Ainda no sábado recebemos a visita das titias Jacque, Rô e Sheila, que trouxeram bolo pronto para comermos com o café fresquinho que fiz.
À noite fomos ao aniversário do primo Robson, onde me saciei de comer cachorro-quente.
Adoro cachorro-quente de festa infantil!
.
Domingo, início do horário de verão (quero descobrir quem inventou isso!)
Era cedo quando acordei, mas na verdade não era... saco! Já eram quase dez no novo horário!
Comecei com a arrumação das gavetas. Sabe aquela arrumação de papéis? Aquele monte de lixo que vc acha que algum dia vai precisar? Pois é! Joguei 03 (três) sacolas repletas de lixo fora!
Quem voltou a nos visitar? Tias Jacque e Sheila. Vieram pro almoço. Tia Sheila se encarregou do mesmo. Uma deliciosa macarronada à bolonhesa. Tirando o tempo de preparo (quase 03 horas) foi ótimo! Comi muito!
A idéia era irmos ao Shopping trocar um vestido que comprei, mas quem disse que tive disposição? Às 17 horas eu já me sentia tão pesada que não resisti aos apelos de minha cama para um breve repouso. E, novamente, resisti à tentação de passear no Shopping...
À noite, reunião familiar para comemorar o aniversário do Lin, primo do Dri.
A essa altura, meus pés já estavam enormes, e tudo que queria realmente era me esticar... Quem está ou já foi uma grávida sabe muito bem do que estou falando. É um cansaço sem explicação. A barriga pesa mesmo! E não basta ficar sentada. O ato de relaxar só funciona se eu estiver deitada...
..
Hoje, feriado para a metade da população carioca (comerciários, securitários, etc) e cá estou eu, em pleno Centro da cidade, que está totalmente vazia, sem ter muito o que fazer. Aliás, "O que estou fazendo aqui?" é a pergunta que estou fazendo desde às 7:30 (ops, 6:30 - horário normal) que foi a hora que cheguei. Ainda não acredito que acordei às 5:30 (sorry, 4:30!) e que deixei meu marido dormindo para acordar a hora que quiser (para ele é feriado!)
Tudo bem! Ele merece! Afinal de contas trabalha muito mais do que eu!
Mas eu queria taaaaaaanto estar com ele em casa...

Nenhum comentário: