,

sexta-feira, 20 de janeiro de 2006

A última consulta pré natal

Aconteceu na terça feira.
Dra. Laura não gostou do resultado da última ultra, onde a estimativa de peso do Arthur estava em 2,175 gramas (podendo ter + ou - 10%). Segundo a mesma ultra, eu estaria na 35/36ª semanas de gestação e não na 37ª. Bem, quando eu vi o peso também achei estranho, já que tudo o que leio informa que nessa época o bebê já pesa em torno de 3,000 gramas, mas como já tinha consulta marcada com Dra. Laura, achei melhor esperar...
Então ela disse: "Vamos confirmar a evolução desse bebê com o toque!" Céus! Havia chegado o dia de experimentar a "deliciosa sensação" rs
Percebendo meu medo, usando de uma psicologia que só ela tem, me enrolou com estórias de outras gestantes, e quando vi, o toque já tinha sido feito. A danada: "E aí? Doeu?" rs
E realmente não foi a dor que imaginei...
Bem, segundo ela o Arthur já está na posição longitudinal. Estou com 0,5 cm de dilatação. E meu colo de útero está de 50 a 70% apagado (acho que esse foi o termo usado, e que significa que já está maduro) - ? - Portanto, está prontinho para nascer.
Marcamos então a cirurgia para segunda, dia 23 de janeiro.
De qualquer forma, pediu uma nova ultra para que confirmássemos o peso e a idade gestacional.
Não consegui marcar a ultra com o Dr. Felipe para essa mesma semana, então tive que apelar para a mesma médica que me atendeu da vez anterior, a tal que teria "errado" nos cálculos.
Então lá fomos nós, ontem, quinta feira, repetir a ultra.
Expliquei para ela a situação, expliquei a dúvida da Dra. Laura, e ela me explicou o seguinte:
Os cálculos dela não são exatos. Ela trabalha com estimativas, se baseando pelas únicas medidas que ela tem como certas: medida de fêmur, úmero, crânio e abdomen. Com as medidas em mãos ela calcula o peso "estimado" e a idade gestacional "equivalente", através de uma tabela que ela disse ser padrão.
Então ela fez uma nova avaliação beeeeeem detalhada, fazendo inclusive um novo doppler.
Pediu que aguardássemos o laudo e que ela conversaria conosco assim que tivesse o resultado.
Nossa! Como ela demorou a calcular... Acho que ficou realmente preocupada em ter errado, e deve ter calculado e recalculado aqueles itens n vezes... rs
Após uns 20 minutos ela nos chamos e mais uma vez explicou como o cálculo é feito, e explicou que nosso bebê é realmente um bebê pequeno, que tem hoje um fêmur de 69 mm e um úmero de 59 mm. E que tais medidas mostram um bebê de peso "estimado" de 2,505 g.
É isso... os cálculos indicam que teremos um pequeno bebê, e que tenho que providenciar fraldas RN (que eu não havia comprado) rs
Falou que não devo me preocupar com isso, pois o peso não é o mais importante numa gestação.
E que tem um item sim, que achava que eu deveria informar a minha médica, que é referente ao líquido aminiótico, pois segundo ela, eu estou tendo uma leve perda desse líquido.
Cheguei em casa e imediatamente liguei.
Dra. Laura disse para que eu não me preocupe com o peso, pois tudo é estimativa (e realmente eu não me preocupei..) e com relação ao líquido, só seria o caso de uma antecipação se houvesse uma acentuada perda, o que não é o caso...
Disse para que passar o final de semana tranquila e me deu um "Até segunda" rs

Nenhum comentário: