,

segunda-feira, 23 de julho de 2007

Consulta - 18º mês

Foi na sexta-feira (20/07).
Pela manhã o pai o levou para aplicação de reforço das vacinas tríplice bacteriana -DPT (difteria, tétano e coqueluche) e anti-poliomielite oral (paralisia infantil), e ficou meio enjoadinho no meio da tarde. Para prevenir dei uma dose de novalgina e a reação não foi adiante.
Chegamos no consultório da Dra. Mônica por volta de 17:30h e a criança estava com a bateria carregada. Não ficou do nosso lado nem por um minuto e mexeu em todos os brinquedos disponíveis (e até indisponíveis) da sala de espera.
Quando foi atendido, por volta de 20:30 (aff! eu já não aguentava mais!) lá estava ele, de sorriso aberto para a pediatra, que o agarrou com vontade!
Mediu 81cm e pesou 9.840 gramas.
Elogiou o avanço (mesmo não tendo ultrapassado a marca dos 10kg) pois ele aumentou 500g e 3,5cm, o que não havia ocorrido na última consulta (em comparando com a anterior).
Mostrei o cardápio da escola onde tem muito achocolatado e iogurte (que ela ainda não havia liberado) na hora do lanche e ela disse que agora é o momento ideal mesmo de começar com essa alimentação, mais voltada para o supérfluo, mas pediu minha atenção para não eliminar as frutas, que continuam sendo primordiais.
Questionei com relação aos resfriados que têm sido constantes, inclusive na quinta-feira ele voltou a corisar novamente, e ela disse não ter problema algum de administrar o decongex plus, mesmo que duas ou três vezes dentro do mesmo mês, e voltou ainda com 15 gotas diárias de redoxon + 03 gotas de própolis.
Manteve o asmax 2 vezes ao dia e o salsep à vontade nas narinas, mesmo contra a vontade dele que parece ter tomado pavor do bendito (não pode ver que esconde a cara!).
Incluiu um complemento alimentar que eu não conhecia, o PediaSure. Pediu para usar 01 colher de sopa em cada mamadeira. Na lata vem escrito "nutrição para crianças que não comem bem", mas como Arthur não se enquadra nessa categoria, eu não entendi o porquê... Na verdade eu acho que o peso dele já está começando a deixá-la intrigada sim, embora ela insista em dizer que é normal uma criança de 1 ano e meio não ter alcançado os 10kg... Mas ora, se é normal, para quê o complemento? Ela passou o mesmo complemento para meu sobrinho Bernardo, mas esse sim, não come bem (e segundo minha cunhada, depois do PediaSure o apetite está uma beleza), so... Não estou preocupada com o peso pena de meu filho mas já que ela passou o complemento vamos ver no que vai dar...
Conversamos bastante sobre educação. Temos a mesma opinião com relação a regras, respeito e o papo fluiu que foi uma beleza! Quando vi já eram mais de 21h e já estava na hora da mamadeira do Arthur. Pensam que ele estava reclamando? Nada. Chegamos em casa, subimos para a sogra, ele mamou e ainda filou o lanche dos adultos.

Nenhum comentário: